Como é feito o tratamento de enxaqueca com toxina botulínica?

Por meio do relaxamento promovido pela toxina botulínica é possível atuar na causa da enxaqueca e reduzir seus impactos. A toxina botulínica ficou conhecida mundialmente pela marca comercial Botox e, até os dias de hoje, o mesmo nome é geralmente sinônimo de tratamentos com a toxina.

No caso do tratamento da enxaqueca, o tratamento com a toxina botulínica é realizado de forma minimamente invasiva, ou seja, não exige qualquer intervenção cirúrgica. Geralmente, o tratamento para enxaqueca com botox é indicado quando os tratamentos convencionais apresentam pouco ou nenhum resultado.

A toxina botulínica no tratamento da enxaqueca atua ao bloquear os neurotransmissores responsáveis pelo sinal da dor no cérebro. Ou seja, a substância tem a propriedade de impedir a comunicação de áreas determinadas do corpo e, quando aplicada pelo médico especializado pode ter bons resultados no tratamento minimamente invasivo para enxaqueca.

O tratamento da dor crônica pode ser realizado por meio de procedimento minimamente invasivo com pequenas e pontuais aplicações em áreas da cabeça, face, occipital e ombros. De modo geral, as injeções causam pouco ou nenhum desconforto, e o paciente pode retornar para a casa no mesmo dia.

Quantos tempo duram os efeitos da toxina botulínica para dor crônica de cabeça?

Os efeitos do procedimento para tratamento da enxaqueca podem durar até um ano. Mesmo que a ação da toxina, geralmente, permaneça por meio ano – como em tratamentos estéticos -, neste procedimento tende a permanecer por mais tem, devido a espessura dos músculos da região.


foto 3x4 do neurocirurgiao rodrigo mafaldo

Dr. Rodrigo Cadore Mafaldo
CRM: 30475  RQE: 25595

Realizou residência médica em neurocirurgia no Hospital Santa Monica, GO.
Fellowship Minimally Invasive Cranial Surgery, em Ohio State University, USA.
Advanced Technics Young Neurosurgeon – Tübingen University Germany