A toxina botulínica pode ser utilizada para aliviar a enxaqueca. O Botox para enxaqueca promove o relaxamento muscular impedindo que os neurotransmissores levem os sinais de dor até o músculo, reduzindo assim a enxaqueca. O tratamento pode ser realizado no próprio consultório médico, dura de 6 meses a um ano dependendo do local aplicado e permite o retorno a rotina no mesmo dia.

A enxaqueca é uma dor de cabeça persistente que pode ser companhada por náusea e hipersensibilidade à luz e aos sons. Considerada uma das dez doenças mais incapacitantes do mundo, tem maior incidência entre os 25 e 45 anos. Os sintomas podem durar mais de 15 dias, sendo a cefaleia considerada crônica quando persiste por mais de três meses. Nesse casos geralmente demanda um médico especialista em dor, sendo o neurocirurgião um dos profissionais reconhecidos para tratamento da dor e normalmente requisitados para tratar o problema.

É difícil saber a causa exata de uma enxaqueca, situações de estresse e ansiedade, curtos períodos de sono e, até mesmo, ciclos hormonais, especialmente no caso das mulheres, podem desencadear a dor. O tratamento da enxaqueca convencional pode ser realizado com analgésicos comuns, opioides que atuam diretamente no sistema nervoso central ou antagonistas de serotonina que atuam nas artérias cerebrais para aliviar náuseas e vômito. Existem ainda duas abordagem possíveis, o tratamento profilático, quando é feito o uso de medicamentos de uso contínuo para prevenir os sintomas e o tratamento com anti-inflamatórios, que aliviam os períodos de crise da doença.

Tratamento com Botox para enxaqueca

A toxina botulínica é uma alternativa minimamente invasiva para tratamento da enxaqueca que pode ser indicada quando os tratamentos convencionais demonstram pouco ou nenhum resultado ou quando o paciente deseja um efeito mais duradouro. O Botox pode ser aplicado na região frontal, lateral ou traseira do crânio e até mesmo no início da coluna cervical, conforme os relatos de dor do paciente.

A toxina impede a comunicação do cérebro com o músculo, bloqueando os neurotransmissores que enviam os sinais de dor. O tratamento com toxina botulínica para dor de cabeça crônica costuma ter maior duração do que nos procedimentos estéticos devido a menor espessura do músculo na região, o que mantém o produto concentrado. A duração do Botox para enxaqueca no couro cabeludo, a parte externa do crânio, também chamada de pericrânio, pode durar até um ano.

Hábitos saudáveis como a prática regular de exercícios físicos, dieta equilibrada, evitar o consumo excessivo de álcool e café ajudam a controlar os sintomas. A aplicação de Botox para enxaqueca depende de consulta médica presencial onde serão avaliadas as condições físicas e o histórico clínico do paciente para entender melhor o comportamento da dor antes de definir o tratamento mais adequado.

foto do rosto do neurocirurgiao dr rodrigo mafaldo de jaleco e gravata

Dr. Rodrigo Cadore Mafaldo
CRM: 30475  RQE: 25595

Graduado em medicina pela Universidade Luterana do Brasil.
Realizou residência médica em neurocirurgia no Hospital Santa Monica, GO.
Especialista em Cirurgia Minimamente Invasiva do Crânio pela Universidade de Ohio nos Estados Unidos da América.
Estudou Técnicas Avançadas de Neurocirurgia na Universidade de Tübingen na Alemanha

IMPORTANTE: As informações contidas neste site têm caráter informativo e educacional e de nenhuma forma devem ser utilizados para autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação. Quando houver dúvidas, um médico deverá ser consultado. Somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do Conselho Federal de Medicina.

Obrigado por visitar nosso site. Fique à vontade para tirar dúvidas, deixar sugestões ou marcar sua consulta na clínica da coluna por meio de nosso formulário de contato.

Se preferir, você pode entrar em contato pelo (51) 3012-4070.

IMPORTANTE: é vedado ao médico consultar, diagnosticar ou prescrever por qualquer meio de comunicação de massa ou à distância. Para mais informações acesse Regras para Publicidade Médica.